Páginas

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Pesquisa aponta Fábio Faria entre os deputados federais do RN que mais se destacam positivamente


Por Jornal Dois Quadros, em

Da Assessoria de Comunicação de Fábio Faria:
O Instituto Seta realizou uma pesquisa em Natal, entre os dias 05 e 06, e perguntou de maneira espontânea quem são os deputados federais que mais se destacam positivamente. O deputado Fabio Faria (PSD/RN) ficou entre os três primeiros colocados, junto com Rafael Motta (PSB) e Nathalia Bonavides (PT).
A pesquisa ouviu 700 eleitores. A margem de erro é de 3,5% e o intervalo de confiança é de 95% e o levantamento foi registrado no TRE sob o número 2069/2020.
“Fico feliz pelo reconhecimento ao nosso trabalho. O eleitor de hoje é muito mais bem informado sobre o que acontece na política. Para isso, a Internet, as redes sociais contribuem muito. O cidadão pode acompanhar as atividades e o mandato dos seus representantes e cobrar mais também”, comentou Fábio Faria.

quinta-feira, 16 de janeiro de 2020

Flamengo e Gabigol chegam a acordo financeiro e clube encaminha compra junto à Inter


Foto: AMANDA PEROBELLI / REUTERS
A diretoria do Flamengo e representantes do atacante Gabigol conseguiram chegar a um acordo sobre os salários do atacante na proposta de contrato até o fim de 2024.
Agora, o clube negocia com a Inter de Milão para concretizar a compra. A pedida dos italianos deve aumentar de 16 para 20 milhões de euros, e o Flamengo parcelará o valor.
O total chegaria a mais de R$ 90 milhões por 80% dos direitos econômicos.
O Flamengo também caminha para sacramentar a renovação de Bruno Henrique até 2023, com salário em outro patamar.
O Globo

Edital do concurso de São Gonçalo do Amarante é retificado e inscrições são prorrogadas



Por Robson Pires, em

A Prefeitura de São Gonçalo do Amarante atendeu recomendação expedida pela Defensoria Pública do Estado do Rio Grande do Norte (DPE/RN) e retificou o Edital para o provimento de cargos do quadro permanente do município e do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – SAEE. O novo texto atende a legislação nacional e municipal. A retificação foi publicada na terça-feira (14) e as inscrições foram prorrogadas até o dia 03 de fevereiro.
Entre as mudanças feitas no Edital, está a alteração no percentual de vagas destinadas para pessoa com deficiência (PCD). “Nos cargos em que o percentual de 5% não assegurava ao menos uma vaga para PCD foi aplicado o percentual de 20%, de forma que para vários cargos que antes não existiam vagas para PCD, agora existem”, explica a defensora pública Cláudia Queiroz, coordenadora do Núcleo de Tutelas Coletivas da Defensoria Pública do Estado.

Ministro da Educação anuncia novo piso salarial dos professores da educação básica


Por Jornal Dois Quadros, em

Abraham Weintraub anunciou, durante live com o presidente Jair Bolsonaro, o novo piso salarial dos professores da educação básica em início de carreira. O reajuste já para 2020 é de 12,84%. O valor passa de R$ 2.557,74 para R$ 2.888,24.
Nas redes sociais, o ministro da Educação comemorou. Segundo ele, é o maior aumento acima da inflação (em termos reais) desde 2009″.

“Janela partidária” começa no dia 5 de março...Aqui em Riachuelo, vai ser uma revoada com muito boi na linha!

“Janela partidária” começa no dia 5 de março...Aqui em Riachuelo, vai ser uma revoada com muito boi na linha!


Por Jornal Dois Quadros, em

O prazo para transferência de partidos sem a perda do mandato, a chamada “janela partidária”, começa no dia 5 de março e segue até o dia 3 de abril. Qualquer mudança de partido fora desse prazo incorre em infidelidade partidária.  Pelo calendário eleitoral, esse é o prazo para que os candidatos a prefeito e vereador das eleições desse ano se filiem aos partidos.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Bolsa Família será expandido; entre medidas, bônus para famílias com crianças que passam de ano com notas acima de 7


Foto: Ilustrativa
Aumentará o número de beneficiados pelo Bolsa Família. O governo vai mudar os limites para quem tem direito a receber o dinheiro do programa.
A faixa de renda per capita mínima dos beneficiários passará de até 89 reais para 100 reais; a máxima pulará de até 178 reais para 200 reais.
Famílias com crianças que passam de ano com notas acima de 7 receberão bônus. Assim como as que têm jovens fazendo curso profissionalizante.
O décimo terceiro salário torna-se item garantido.
O ministro Osmar Terra garantiu ao Estadão que a expansão do Bolsa Família será feito dentro dos limites da responsabilidade fiscal. A reformulação custará cerca de 7 bilhões de reais.
O Antagonista, com Estadão

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

INSS: com falhas e sistema travado, pedidos de benefícios se acumulam e fila de espera chega a meses



Problemas relatados por beneficiários passam por dificuldades em obter benefícios como o salário-maternidade até conseguir avançar com os pedidos de aposentadorias. Governo não tem prazo para zerar fila de pedidos.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) não tem conseguido dar conta dos pedidos de benefícios, causando transtorno para os segurados. Pelo Brasil, se espalham casos de trabalhadores que esperam há meses pela análise de seus requerimentos e são obrigados a enfrentar filas de espera e peregrinar pelas agências em busca de uma solução.

Medidas anunciadas em agosto do ano passado com o objetivo de zerar o estoque de pedidos como a otimização da força de trabalho e digitalização do atendimento parecem não ter surtido efeito. E, dois meses após a aprovação da reforma da Previdência, os sistemas ainda não foram adaptados às novas regras, o que está travando principalmente os pedidos de aposentadoria. Além disso, segurados relatam problemas também para obter benefícios como salário-maternidade e auxílio-doença.

O governo reconhece que existe o problema e que a solução deve demorar. Mas não há um prazo oficial para zerar a fila de análise de pedidos.

O prazo para que o INSS analise os pedidos de benefícios é de 45 dias. Mas, de acordo com o próprio órgão, o estoque de pedidos de benefícios era 1,990 milhão no ano passado, mas 1,3 milhão não foram concluídos até agora, ou seja, cerca de 65% dos requerimentos estão travados à espera de resposta do órgão, segundo mostra reportagem do Jornal Hoje.

Espera de meses por resposta

No Rio de Janeiro, com a filha no colo, a designer Rachel Gepp esperou algumas horas na fila do INSS de Copacabana nesta quinta-feira (9) para tentar uma resposta sobre o auxílio-maternidade que tenta obter há três meses. Durante a espera, teve que amamentar, trocar a bebê e aguardar sem direito a uma fila prioritária. "Eu deveria estar em casa cuidando da minha filha e não enfrentando este tipo de burocracia, sabe?", disse.

Ela, que é autônoma, teve de voltar a trabalhar em casa enquanto se divide com as tarefas domésticas.

"Eu dei entrada no benefício do salário-maternidade e já tem três meses que eu estou esperando o processo tramitar e até hoje não tramitou. Pela internet, eu não consigo informação nenhuma, o 135 é uma gravação que diz que está pendente. Hoje, depois de três meses, eu vim aqui na agência para poder ter um feedback, uma resposta de um funcionário e me falaram que eu ainda tenho que ficar aguardando porque está pendente porque tem muitos pedidos e eu não sei quando eu vou começar a receber", relatou.

Em busca do auxílio-doença, a atendente Sabrina Ferreira Santos peregrinou entre duas agências até ser atendida no Rio de Janeiro. Em uma delas, só havia um atendente e foi informada que o sistema caiu. Na outra, havia dois funcionários.

"Eles falam para ligar para eles, mas quando liga pede para ir na agência e quando vai na agência pede para ligar. E fica nisso. Até agora não sei de nada, só sei que me deram laudo da minha perícia e de resto não sei de mais nada. (O dinheiro) faz muita falta. Estou atrás do dinheiro para pagar as contas, estou afastada (por motivos de doença) há 3 meses".

Já Débora de Jesus estava atrás do benefício para o filho deficiente. Diarista, ela às vezes deixa de trabalhar para ficar na fila do INSS à espera de uma resposta. "Vai fazer um ano agora no dia 25 de janeiro (que entrei com o pedido do benefício)", lamentou.

Filas e dificuldades

Na agência central do INSS em Belo Horizonte, também havia fila quinta-feira (9). "Olha quanta gente na fila, precisava disso não menino, para ganhar um salário mínimo. Isso é um absurdo. Tem que ficar nessa fila enorme, humilhante, humilhante mesmo", disse a autônoma Efigênia Soares de Oliveira.

Em Brasília, o vigilante João Braghirolli também relatou dificuldade. Nesta quinta-feira, foi a um posto do INSS pela quinta vez. Ele já tentou um agendamento pelo site e pelo aplicativo do INSS. "(Desde) o dia 05 de novembro estou tentando”, afirmou. "Fiz uma cirurgia de córnea e é esse descaso com o trabalhador. Total falta de respeito". disse. Segundo o vigilante, a justificativa dos funcionários do INSS para tanta demora é a falha no sistema.

Por meio de nota, o governo informou que "não há fila para atendimento em casos de perícia médica."

8 meses de espera por aposentadoria

A assistente administrativa Claudete Tassi, de 49 anos, aguarda desde 28 de maio do ano passado uma resposta do INSS para seu pedido de aposentadoria por tempo de contribuição.

“São 8 meses de espera e nada, eles falam que meu pedido está em análise”.

Claudete conta que descobriu que faltavam 11 anos de contribuição quando entrou no site Meu INSS. Os 29 anos e 8 meses de contribuição caíram para 18 anos. “Tive que ir na agência para comprovar todos esses anos com a carteira profissional e o contrato de trabalho e fazer o pedido”, disse.

Falta pouco para ela se aposentar, pois já está com 30 anos e 3 meses de contribuição. “Falaram que iriam verificar o erro para autorizar o pedido de aposentadoria. Voltei à agência e recebi como resposta que a análise estava atrasada e que era preciso esperar”, contou.

A angústia de Claudete também é devido à recusa do auxílio-doença pelo INSS, que a mandou retornar ao trabalho mesmo após três cirurgias na coluna no ano passado. “Não recebo nada desde novembro, por isso estou esperando a aposentadoria sair”, afirmou.

Sem prazo definido

Marili Masoni, de 50 anos, foi a uma agência do INSS nesta quinta-feira (9) para mostrar a carta de dependente do marido, mais uma etapa para conseguir a aposentadoria que tenta desde setembro.

"Eles não dão uma data certa de quando você vai receber, só mandam aguardar", afirmou a manicure.

O valor está fazendo falta na renda da família, porque, desde que o marido morreu, ela não está trabalhando. "Eu parei de trabalhar porque tem coisas a resolver e porque eu não pude deixar meu filho sozinho. A renda vai me favorecer muito", explicou.

É a filha mais velha que está ajudando nos trâmites na internet. "Eles falaram que isso ia melhorar, mas eu achei que ficou mais demorado", opinou Marili. "Quando está em análise é porque está numa fila, fica nessa análise e você nunca tem uma posição. Se liga no 135 eles não sabem informar."

Para a manicure, não saber quando vai receber o benefício é um dos maiores problemas.

"Você fica no aguardo até eles mandarem uma exigência para trazer o documento, você fica no ar sem saber. O ruim é isso sem uma posição, sem um prazo certo."

O que diz o governo

Quase dois meses após entrar em vigor a reforma da Previdência, o INSS ainda não conseguiu atualizar os sistemas e nenhuma aposentadoria foi concedida considerando as novas regras. Além disso, o sistema tem ficado fora do ar com frequência.

De acordo com o instituto, todos os sistemas de concessão de benefícios estão tendo que ser ajustados, já que nenhum cálculo ou definição de valores de benefícios concedidos são feitos de forma manual pelos servidores.

No início da semana, o governo anunciou uma força-tarefa para diminuir a espera dos segurados. No ano passado, a promessa era zerar a fila até dezembro com estratégias como a bonificação de servidores que ultrapassassem as metas de atendimento (leia mais abaixo).

No caso dos pedidos para aposentadoria, o diretor de atendimento do INSS, Castro Junior, reconheceu que o sistema ainda não está adaptado às novas regras introduzidas pela reforma da Previdência e deu prazo pra situação ser regularizada.

Segundo ele, a expectativa é que ainda no primeiro trimestre as adaptações estejam concluídas para agilizar os atendimentos e a concessão de benefícios.

Medidas anunciadas não reduziram tempo de espera

O INSS anunciou em agosto do ano passado uma série de medidas para melhorar o atendimento aos segurados e acelerar a análise dos requerimentos dos cidadãos com o objetivo de zerar o estoque de processos com prazo legal expirado, ou seja, 45 dias.

Entre as medidas estão a adoção do controle da jornada de trabalho por produtividade dos servidores que analisam os requerimentos. Assim, a remuneração dos servidores depende do alcance de metas mensais, relativas a processos analisados e medidas de acordo com a complexidade. Cerca de 60% dos servidores que trabalham com a análise aderiram a essa forma de trabalho. Outra medida foi o teletrabalho, com a possibilidade de trabalhar em casa, após seleção que analisa o histórico de produtividade do servidor.

Houve ainda a digitalização de todos os serviços que podem ser realizados à distância - pela internet ou telefone, os segurados conseguem pedir, acompanhar o andamento, receber um benefício e recorrer se discordar da decisão do INSS, sem precisar ir à agência.

Além disso, o instituto anunciou a concessão dos benefícios automática, ou seja, à distância. Nesses casos, o requerimento não precisa ir para análise de um servidor. Aproximadamente 1.500 benefícios são concedidos automaticamente todos os dias, segundo o INSS. À época, o instituto informou que o objetivo era que a maioria dos pedidos fosse atendida dessa forma e que a ida a uma agência do INSS fosse necessária em raras ocasiões.

A readequação da força de trabalho foi outra medida anunciada, transferindo mais servidores para a análise dos requerimentos. O objetivo era aumentar de 3,4 mil para até 6 mil servidores dedicados exclusivamente à análise dos requerimentos.

Em agosto, o INSS informou que todo mês recebe uma média de um milhão de novos requerimentos e que o prazo médio de resposta ao cidadão era superior ao prazo legal de 45 dias.

Fonte: G1

Detran leiloa em Natal 500 lotes de veículos na próxima semana




Foto: Divulgação/Detran-RN
O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) leiloa na próxima quarta (15) e quinta-feira (16), 500 lotes de veículos que foram apreendidos nas ações de fiscalização do Órgão. Os lotes a serem leiloados estão retidos no pátio do Detran, situado na Rua Bom Pastor, 1222, bairro das Quintas (antiga garagem da viação Guanabara), em Natal.
Os interessados podem visitar o local na próxima segunda (13) e terça-feira (14), no horário das 8h às 11h30 e das 13h às 16h. Os lotes compreendem veículos que vão continuar em circulação e outros destinados exclusivamente à sucata.
O leilão acontece em duas fases, sendo leiloados na quarta-feira (15) os veículos catalogados nos lotes 001 a 250, e na quinta-feira (16) os demais, compreendidos entre 251 e 500. Ambos serão realizados a partir das 10h, no Auditório do Governo do Estado, situado no Centro Administrativo, BR 101, no bairro de Lagoa Nova, em Natal.
Os interessados em participar do leilão podem se cadastrar bastando comparecer ao local do evento levando a documentação exigida. Sendo pessoal física, deve apresentar RG, CPF e comprovante de residência, e sendo pessoa jurídica, o contrato social e CNPJ da empresa.
A participação também pode ser feita de forma online, bastando que o interessado tenha seu cadastro validado antes de iniciar o leilão, devendo ainda obedecer às exigências cadastrais especificadas no endereço eletrônico:http://www.lancecertoleiloes.com.br/cadastro.
O candidato que for responsável pelo arremate de qualquer bem deve assinar um comprovante de arrematação contendo número, valor e descrição do lote, como também efetuar o pagamento de sinal correspondente a 20% do valor do lote adquirido e após a data do pregão, em até três dias úteis, concluir a compra quitando os 80% que restarão. O custo de cada lote arrematado deve ser acrescido de 5%, referente à comissão do leiloeiro, além de 0,9% de ICMS, se o veículo for de circulação, ou 18% se o lote for destinado à sucata.
Deverá o arrematante custear ainda licenciamento, IPVA, Seguro DPVAT, tudo que envolva a transferência de propriedade, mudança de município, referente ao exercício de 2020. Já a sucata, o arrematante tem somente a obrigação de pagar as baixas da sucata e de gravame (caso haja), não pagando nenhuma outra taxa ao Detran. Nesse último caso, a arrematação dos veículos classificados como “Sucata” fica restrita as empresas de desmontagem registradas perante o órgão executivo de trânsito do Estado ou do Distrito Federal em que atuar, conforme o Artigo 3º da Lei Nº 12.977, de 20 de maio de 2014.
Outro ponto importante é que os veículos tipo ciclomotores que porventura não estiverem devidamente emplacados somente serão liberados para retirada após o emplacamento, como determina a legislação vigente. Para isso o arrematante deve estar ciente de que todas as custas que envolvam esse processo correm por sua conta.
O Edital com todas as informações do leilão, inclusive com a relação completa dos carros e motocicletas com imagem e as especificações de marca, placa, ano de fabricação e valor inicial do bem podem ser conferidas clicando no link: AQUI.Fonte:https://www.blogdobg.com.br/page/2/

Goiás oficializa venda de Michael, revelação do Brasileirão, ao Flamengo; jogador de 23 anos não teve início de carreira convencional


Foto: O Popular
Acabou a novela! O Goiás oficializou, às 14h07 desta sexta-feira, a venda de Michael ao Flamengo. O atacante de 23 anos foi negociado em definitivo com o clube carioca, que pagará cerca de 7,5 milhões de euros por 80% dos direitos econômicos do atleta.
Michael vendido para o Flamengo. Agora depende de exames médicos e assinatura de contrato no clube carioca – afirmou o Goiás via assessoria de imprensa.
Inicialmente, o Flamengo ofereceu 7,5 milhões de euros, mas o Goiás teria que retirar os 5% referentes ao Goianésia deste montante. Representante esmeraldino na negociação, o conselheiro Edminho Pinheiro não aceitou, e a venda ficou travada.
Embora estivessem acertados entre si, Goiás e Flamengo estabeleceram um prazo para que a transferência fosse concretizada. Caso não houvesse acordo até as 12h desta sexta, os dois clubes encerrariam as conversas.
Michael chegou a ser liberado da apresentação do elenco do Verdão na última quarta-feira, porém, começou o período de treinos na quinta, enquanto seu futuro era definido.
Michael foi o artilheiro do Goiás na temporada passada com 16 gols, nove deles no Brasileirão, torneio em que ganhou holofote e despertou a atenção nacional. O atacante foi peça fundamental na campanha do clube esmeraldino, que terminou em 10° lugar, assegurando vaga na Copa Sul-Americana.
Ainda em dezembro, o Goiás recebeu proposta de 5 milhões de euros do Corinthians por 50% dos direitos econômicos de Michael, mas recusou. Pouco depois o Palmeiras entrou no circuito, buscou informações sobre o atacante com o presidente Marcelo Almeida, mas não chegou a formalizar uma oferta.
Em termos de conquista, Michael se despede do Goiás com o título do Campeonato Goiano de 2018 e o acesso na Série B do mesmo ano.
Carreira
Com 23 anos, Michael não teve um início de carreira convencional no futebol. Destaque nos campos de terra em Goiânia, ele não longa experiência em categorias de base e só jogou profissionalmente pela primeira vez em 2017, aos 20 anos, no Goianésia.
Na equipe do interior goiano, o atacante fez boa dupla de ataque com o experiente Nonato e chamou atenção do Goiás, que o contratou na mesma temporada. O início com a camisa esmeraldina foi tímido, e Michael foi entrando aos poucos ao longo das partidas da Série B.
Em 2018, depois da contratação de Ney Franco, o atacante se firmou e passou a ser um dos principais jogadores do elenco do Goiás, sendo fundamental na campanha do acesso para a Série A.
No ano passado, o nível de atuação de Michael subiu ainda mais e ele chamou atenção de grandes clubes, como Corinthians e Palmeiras. Ao todo, Michael disputou 54 jogos e marcou 16 gols em 2019, sendo nove no Campeonato Brasileiro.
Globo Esporte

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

Em são pedro,até o presente momento chuvas :49 mm.

Resultado de imagem para imagem de chuvas em sao pedro rnResultado de imagem para imagem de chuvas em sao pedro rn

Governo Bolsonaro estuda novo Bolsa Família


Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
O governo discute o projeto de um novo Bolsa Família. Sem entrar em detalhes, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, disse que a ideia é privilegiar o mérito, a partir de portas de saídas do programa. A reformulação pode envolver até o nome do Bolsa Família.
O estudo, que estaria avançado, foi analisado nesta quarta entre o presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni. Não há prazo para a conclusão das mudanças. “É um belo programa, que visa a recuperar alguns aspectos que ficaram para trás nos programas assistencialistas de governos passados, privilegiando mérito, imaginando possibilidades de saída dessas pessoas do programa a partir de que elas evoluam como cidadãos”, disse Rêgo Barros.
Atualmente, o benefício é concedido a mais de 13 milhões de famílias.

[FOTOS] Bueiro volta e entupir e a jogar fezes e esgoto na praia de Ponta Negra


Ontem o Blog do BG noticiou o caso do bueiro na praia de Ponta Negra que estava jogando esgoto in natura no local. Em menos de 24 horas depois, o problema voltou a se repetir. Novamente ele entupiu e jogou a água de esgoto com fezes no calçadão e na praia.Fonte:https://www.blogdobg.com.br/

segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

Mega da Virada: Quer fugir da fila? Saiba como apostar pela internet...

Jardiel Carvalho - 30.dez.2017/Folhapress
Cleber Souza
Do UOL, em São Paulo
30/12/2019 04h00

RESUMO DA NOTÍCIA

  • Apostas podem ser feitas por site e aplicativo
  • O apostador precisa ser maior de 18 anos e preencher um cadastro
  • No dia 31, a Mega da Virada pode pagar R$ 300 milhões

Casas lotéricas lotadas, filas e a correria de fim de ano: o tormento para apostar de última hora na Mega da Virada 2019 pode ser trocado pela internet. Para tentar acertar as seis dezenas que valem R$ 300 milhões no dia 31 de dezembro, o apostador pode fazer seu jogo pela internet.
Segundo a Caixa, as apostas da Mega da Virada podem ser feitas até as 18h do último dia do ano. O sorteio está previsto para começar às 20h. Jogar pela internet, porém, tem algumas diferenças de apostar em uma casa lotérica. Entenda:

Como faço para apostar pela internet?

Pelo portal Loterias Online, o site oficial da Caixa. O apostador precisa ser maior de 18 anos e preencher um cadastro. Nele é preciso colocar CPF, nomes completos do usuário e da mãe, fornecer um e-mail e criar uma senha para o acesso.

Tela inicial de cadastro da Loterias Caixa - Reprodução
Tela inicial de cadastro da Loterias Caixa
Imagem: Reprodução

As apostas também podem ser feitas pelo aplicativo Loterias Caixa para usuários da plataforma iOS, na Apple Store. As apostas podem ser feitas até as 18h do dia 31 deste mês.
É possível apostar na Mega da Virada pelo internet banking da Caixa. Para isso, é preciso ser maior de idade e correntista do próprio banco.

Posso fazer bolão pela internet?

Os bolões só podem ser feitos nas unidades lotéricas.

Não sou correntista da Caixa. Como pago a aposta na internet?

Para fazer o pagamento o apostador precisa ter um cartão crédito. Isso vale para o site da Caixa e para o aplicativo.

Como comprovo que fiz uma aposta pela internet?

Após o pagamento, as apostas serão salvas no cadastro do usuário e podem ser consultadas sempre que desejar.
VEJA QUANTAS VEZES SUAS
DEZENAS JÁ SAÍRAM NA MEGA SENA

E o prêmio? Também posso resgatar pela internet?

Não. Em uma possível premiação, o ganhador tem até 90 dias para retirar o valor em qualquer casa lotérica. Após esse prazo a retirada só é permitida nas agências da Caixa Econômica Federal.

É possível fazer apenas uma aposta simples pela internet?

Não é possível fazer apenas uma aposta simples. Uma vez que o valor mínimo na internet é de R$ 30, o apostador precisa fazer pelo menos sete apostas, totalizando um mínimo de R$ 31,50.

Qual é o valor do jogo pela internet?

É o mesmo do feito em uma loteria. Uma aposta simples custa R$ 4,50.

Até quantos jogos posso fazer pela internet?

O valor máximo de apostas permitidas pela internet é de R$ 500 por dia.